Páginas

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Meu coração hoje

Meu coração hoje não está com sono,
insiste em manter-se acordado,
a espera de alguma coisa
ou talvez, apenas temendo a solidão.

Meu coração hoje vive a dor do suspenso alheio,
escolhe a mercê da indecisão,
bate no ritmo da sua chegada
lamenta o não saber

Meu coração hoje parece está sem rumo
Sabe onde quer chegar
Mas, acelera ao pensar na lentidão dos seus passos

Meu coração hoje, teme bater em vão.


Nana Andrade

4 comentários:

  1. meu coração que perdeu o compasso lendo isso.


    'Meu coração hoje parece está sem rumo
    Sabe onde quer chegar
    Mas, acelera ao pensar na lentidão dos seus passos

    Meu coração hoje, teme bater em vão.'

    vou escrever isso na janela do meu quarto, vou sim! :D

    ResponderExcluir
  2. rsrsrs que linda! Você tem a graça de transmitir presença na sua escrita.
    Obrigada pela visita, pela presença no nosso blog.
    beijo

    ResponderExcluir
  3. Poxa, gostei muito do poema, foi vc mesma que escreveu, Nanica? Se foi, parabéns, tia Fatinha ficaria orgulhosa, rsrs! =)

    ResponderExcluir
  4. Oi coração!
    Brigada pela visita.
    Sim foi eu, mas ahh porque Fatinha ficaria orgulhosa, fala sério. Acho que este num seria um dos seus prediletos não.
    Beijo grande

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...