Páginas

domingo, 31 de julho de 2011

Quais são seus sonhos?


O sonho é o motor da vida, é dele que vem a energia de lutar, de viver, de ser e estar neste mundo. Há sonhos grandes, e sonhos pequenos, sonhos mais simples e os mais complexos, só não há sonho bobo. Todo sonho é vital e, por isso, importante.

Tem gente que acredita que só os românticos sonham, mas tem gente que sonha, sem saber que está sonhando. Algumas pessoas revelam seus sonhos pra todo mundo, grita eles tão alto que eles saem e fazem eco e jamais se realizam. Apesar de que os sonhos não, necessariamente, são todos realizáveis. Quem nunca sonhou pela paz mundial, pelo fim das diferenças sociais, pela igualdade, pelo amor, pelo respeito entre os homens? 
Mas nem por isso o sonho é em vão, nem neste caso, visto que o sonhador começa a fazer sua parte para torna o sonho possível. 

Não vivemos, no entanto, num mundo da imaginação, nosso mundo é real e concreto, assim muitas vezes vimos um sonho ser "quebrado" por fatos e ações alheios à nossa vontade, até porque o sonho é nosso, mas realizá-lo, geralmente, depende também da relação que estabelecemos. Um sonho que tire a pessoa do contato, da relação, da dependência das demais pessoas, não é um sonho, isso é outra coisa... 

Li certa vez  que alguém guarda um sonho a sete chaves, isso me chamou muito a atenção, fiquei pensando, um sonho guardado  não seria um sonho roubado? Roubado pela própria pessoa. Me parece aquelas coisas que a gente tem vontade de fazer mas não faz.  De fato quando expomos nossos sonhos estamos sujeitos às dificuldades externas, às invejas, afinal nem todo mundo torce pelo bem do outro. Por outro lado, esconder o sonho pode torná-lo fantasia sem nenhum compromisso com a realidade.  

Gosto de pensar no sonho como um motor, como a direção, mas nunca a chegada. O sonho pode ser como um barco, no qual você se coloca pra ir em direção ao desconhecido. Você imagina mil coisas, faz mil planos, o barco te conduz a realizar outros sonhos, pois assim como o barco, um sonho sempre porta outros sonhos, sempre porta você. O barco, por outro lado, não vai sozinho, quem rema é você.

Assim, se estamos apoiados nos nossos sonhos, também estamos guiando ele. Um não se realiza sem o outro. Chegar na terra firme é a realização do sonho, é também o momento de deixar o barco. E aí veremos que a realização de um sonho nem sempre é fiel. Talvez por isso a gente insiste em guardá-lo. Por apego ao nosso sonho, que ao se realizar pode se revelar diferente, não menos feliz, mas diferente. O sonho é só motor, é só um barco, ele não tem um fim em si mesmo. Ou melhor dizer só, dá ideia de pouco, o sonho é todo este motor, todo este barco.

Ele é o transporte para o que há de novo na nossa vida, e o novo é incontrolável. Lutar por um sonho requer coragem, desapego, e abertura para o novo.

Quando conheço alguma pessoa e quero saber sobre ela, nunca pergunto quem é , mas com o que sonha..


---------


Nana Andrade.



2 comentários:

  1. "... sonhar bem alto é quase um passo para levantar vôo..."
    Não existem sonhos pequenos ou sonhos grandes, existem simplesmente sonhos, que é algo que a gente deseja intensamente. Sonhar é querer, é o que nos move, o que nos faz seguir em frente. Eu tenho um sonho e você?

    ResponderExcluir
  2. Oi Vi, minha querida irmã, obrigada pela presença assídua no meu Blog, pela paciência e pelo interesse em ler estes textos que as vezes se alongam..

    Sim, o sonho é um passe pro vôo, concordo plenamente..fico feliz porque vc tem um sonho..é importante que tenhamos pra continuar viendo, pra continuar sonhando..sim, minha cara...tenho muitos sonhos...

    beijos te amo!

    Suar pequena irmã
    Nana Andrade

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...