Páginas

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Era uma vez: Nem utopico nem proibido


Era uma vez um sol 
que havia se apaixonado pela lua.
Era uma paixão pelo seu contrario.
Equanto ele esquentava, ela esfriava.
Equanto ele bagunçava, 
ela acalmava.
Ele promovia o corpo, ela promovia a alma.
Ele queria ser o centro das atenções,
Ela, em certas fases, passava praticamente despercebida.

Mas ele enamorou-se, justamente pela quietude que ela o transportava.
Ele gostava de olhá-la e, mesmo quando se retirava a descansar, 
não exitava em admirá-la.

A lua também era enamorada do sol, gostava de sua força, 
de sua constante alegria que se contrapunha a sua não rara melanconia.
Algumas vezes, esse estado de enamoramento é assim tao ousado,
 assim tão explícito, 
que os dois se encontram… ao meio dia, e fazem noite de alegria
Não é uma relação assim tão discreta, mas não è uma relação pública.

Pois os dois não vivem mais que intenções.
Porque a lua sempre volta pra noite e o sol para o dia.


Nana Andrade


quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Um sentimento hoje: Gratidão

Bom, hoje insiro aqui um post que pode ser encontrado também em outro Blog que tenho, que trata de algo, diria mais pessoal, porém resolvi publicar essa postagem aqui também, nao é um texto reflexivo como proponho geralmente mas trata de afetos e oferto a voces, esperem que gostem.
 ....

Todos os dias agradeço a Deus por cada coisa nova, cada lugar lindo, cada comida saborosa (rsrsrs) cada chocolate delicioso, 
cada vinho impecável, cada amigo que faço, cada palavra que aprendo, 
cada estímulo que recebo,
cada sol que surge no outono (dizem que há anos não tinha um outono assim tao bonito e caldo), 
agradeço, ainda, pela família maravilhosa que me acolhe. 
Agradeço pelos amigos brasileiros que tem me acompanhado virtualmente nesta viagem, aqueles dos quais sou segura que não gostariam de estar no meu lugar, 
mas de estar aqui também , é diferente. 

Agradeço pelo crescimento pessoal, profissional, acadêmico, agradeço por estar aqui no velho continente, mas agradeço por ser brasileira, como sou orgulhosa!! 
Não só do samba (também, e muito!!), não só do carnaval ( que gosto tanto), da paisagem,  mas da nossa alegria tao difundida no mundo inteiro, 
e também da nossa musica, da nossa dança (quer saber? Incluo o funk tb, não todos certamente!).

Agradeço a Deus por este momento no qual estou repensando tantas coisas, tantos valores, no qual estou descobrindo  um mundo fora, mas também um novo mundo dentro de mim.


Nana Andrade


  Pessoal, inseri palavras italianas para brincar um pouco, mas segue embaixo a tradução, mesmo que eu acredite seja desnecessário
Caldo: quente
Lezione: aula

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Auto conhecimento


Hoje, eu vou dizer exatamente o contrário do que dizia:
Se queres conhecer tua cidade, 
vá também a outras.
Se desejas conhecer seu estado, 
vá a outro extremo do país,
Se desejas conhecer sua cultura, seu país, 
visite e explore outros continentes.

Se queres conhecer você, saia de si mesmo!
Caso, porém, queira conhecer o mundo, 
aceita-te.

Nao é te enchendo de si mesmo que te encontrarás,
Antes, talvez seja exatamente no esvaziar de si  que se descobrirá.
.

Há quem prefira permanecer no seu mundo, no seu nicho, 
mas é no confronto que nos enriquecemos, que nos percebemos singular..


Nana Andrade

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...