Páginas

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Inteligência é parâmetro






Inteligência.

Inteligência é parâmetro. Parâmetro de um lado só.
Inteligência é aquisição de conhecimento, de equilíbrio, de maturidade, de sensibilidade.

Mas isto também é parâmetro, parâmetro de um lado só.

Há quem sabe muito de tecnologia, e sabe bem pouco das pessoas, a não ser pelo seus parâmetros.

Há quem descobriu o caminho do sucesso, mas não vê conquistas que estão perdendo, porque                      não tem parâmetros.

Há quem se ache "o máximo", mas não vê além dos seus parâmetros.
Há que se sinta menor, porque se perde nos parâmetros. 

Gostaria de falar-lhes abertamente, mas todos nós temos nossos parâmetros.



Nana Andrade

terça-feira, 12 de junho de 2012

O que te aproxima do outro?

12 de junho, ótima data para fazer algumas reflexões sobre as relações afetivas.

Todos nós conhecemos vários  namorados, amantes e casais matrimoniais, não é mesmo?

Há quem se aproximou pelo belo, pela possibilidade de estar ao lado de alguém com uma boa renda, ou apenas alguém para construir uma casa, um filho, uma vida qualquer, que seja diferente da antiga. 
Há também quem se aproximou pelo mistério, pela propaganda, pela curiosidade, pelo charme, e até pela solidão.
Há quem se aproximou e nem sabe porque..
Há "nós" e "nossas" relações. Ou ainda, quem não se aproximou. 
E há o "eu", o vazio e  "minhas" vontades.

E hoje, quem se aproximou, vai enviar flores, cartões, chocolates; vão convidar pra jantar, pra sair, pra dançar. 
E quem não se aproximou, vai ficar com vontade. 
Mas há quem sem aproximou, e não tem mais que metade. E pior, nem metade de si mesmo!

Não é preciso olhar muito longe e ver casais de ciúmes, casais de insegurança,  de controle, de medo, de tédio. São namorados e casados com a insatisfação.

Tão raros os que descobriram e se fizeram companheiros. Que se aproximaram e caminharam juntos. Que vieram nus em suas vontades, não foi questão de estética, não sabiam as respectivas profissões, não pensava em casa, nem filhos, nem em outra vida, viveram o momento, não tinham segredos, nem muitos contatos, dançavam por vontade e se sentiam bem. 
Raros, também, os que, independente do início, resolveram mudar no meio para não ver o fim.

Raros os que acompanham... e hoje não reconquistam, mas retribuem....

Aos que estão acompanhados pensem nisso, é possível mudar sempre, e mudar juntos. Aos que ainda estão sozinhos, saibam esperar, e não esperem um príncipe, o amor é simples, e pode estar apenas esperando que você acalme sua vontades de doar, para receber.. às vezes, tem gente que não saber receber amor, porque pensa que amor é outra coisa..

Que este dia chamado "Dia dos namorados" seja feliz para todos, os companheiros, os enrolados e os solteiros



Nana Andrade





segunda-feira, 11 de junho de 2012

Amando um amigo, e ai?

É muito comun amizade se transformar em namoro e, às vezes, em casamento. Mais comum e difícil é quando apenas um dos amigos se apaixona.
A amizade pode ser a melhor possível, mas quando um amigo deseja para além disso, ainda que não seja correspondido da mesma forma, é possível que ele confunda certas manifestaçãoes de carinho recebidas. Daí, não muito raro ele pode escutar: "voce está confundindo".
Enquanto que um continua admirando, respeitando e até amando amigavelmente; o outro, além disso, tem o desejo de estar junto. O que gera um desconforto para ambos.

Geralmente, há um grande ciúme por outras amizades, e sempre, por outros amores. 
Amizade é uma forma de amor recíproca. Todavia, quando não for recíproca, seja pelos excessos ou pela confusão de algun, ela tende a se diluir..
O amigo amado se afasta para proteger a outra pessoa e ou deixa de contar segredos e intimidades. Outras vezes, é o próprio amigo que ama que se afasta, cego em seu amor, se sente ferido pela amizade não correspondida, já que, na sua perspectiva, ele não manifestou o amor, então nada poderia abalar a amizade. E encara o amigo como o desleal.
Assim, uma amizade pode chegar ao fim pela imaturidade, pela carência, pela falta de diálogo e compreensão.


Nana Andrade
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...