Páginas

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Esperança alimenta a alma que alimenta o corpo

O menino e o pé de feijão que não cresceu



Era uma vez um menino muito pobre. Percebendo que a comida em casa estava acabando e a situação cada vez mais difícil. Ele, que lia muito, resolveu também plantar um pés de feijão, para que estes crescessem até o céu e lá ele encontrasse uma galinha que bota ovos de ouro e toda essa coisa que já conhecemos.

Mas ele não saiu pra vender nenhum vaca, porque não tinha vaca pra vender. Assim, não recebeu nenhum feijão de um viajante estranho e mal intencionado. Ele pegou alguns grãos de feijão que ainda restava na prateleira da casa. Confiante que estes também podiam ser mágicos os levou e plantou no jardim da casa.

Ele tinha esperança que o feijão ia crescer bem alto, por isso, escondido da família que poderia achar seus planos uma loucura, ele ia todos os dias lá no jardim e molhava o pé de feijão. Se dedicou diariamente durante muitos meses. O feijão estava mesmo crescendo.

A mãe que viu a pequena plantação de feijão, no seu jardim, ficou feliz porque conseguiu colher o suficiente para cozinhar por uma semana sem dizer a ninguém de onde vinha.

O menino continuava aguar e quando sumiam seus feijões, talvez por mal tempo, ele plantava novos.
Seus sonhos eram grandes, eram altos. Ele iria encontrar a galinha de ovos.

E foi assim por longos anos, foi assim por toda sua vida...

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::



Um comentário:

  1. Ah que lindo. A realidade de uma forma tão bonita assim é difícil de encontrar, só mesmo quando a esperança nos move. A fé em algo que sabemos que só depende de nós nos faz derrubar barreiras, seguir sonhos, ou até mesmo sonhar escondido e saber que um dia aquilo tudo pode ser verdade. Lindo texto, parabéns!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...