Páginas

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Ansiedade como enfrentá-la?

Bom, não pretendo ficar aqui explicando o que é ansiedade, porque não acredito que as definições da ciência sejam capazes de descrever o seu sentido.

Se sente ansiosa/o? Você que poderá dizer do efeito e não tem nada que comparar com sintomas de outrem, deixemos isso aos médicos especialistas que precisam ou só sabem medicá-las. O papo hoje é: como se sente, o que faz quando se sente ansiosa/o e em que te  sente prejudicado?

Reconhecer os medos e as preocupações que lhe causaram esta sensação, é já um bom início. Aceitá-las também. Vivemos em uma sociedade 'normatizada', reguladora de comportamento que exclui as pessoas que ela mesma adoeceu, e ainda as exige um padrão. As redes sociais reforçam esta imagem, do belo, do sucesso, do sadio e da felicidade.

Precisamo aprender a ser menos exigente conosco...E a aceitar o sentimento sereno, mas o confuso também.

Aceitar nossa humanidade.

Apenas assim, integrados com nossa essência, é que seremos capaz de superarmos e transcedermos a muito dos desencadeadores do nosso sofrimento. Isto não significa que não iremos sofrer mais, ou não nos sentiremos mais ansiosos. Pois a vida, que é busca de sentido, só se finda no leito de morte. Portanto, não devíamos freá-la na repetição e, principalmente, na negação do confronto pessoal. Podemos e devemos continuar, superando-nos, aprendendo e buscando.

E comecemos a buscar por/em nós mesmos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...