Páginas

sábado, 12 de julho de 2014

Gratidão e Amor


Esse papo de inveja num cola em quem ama a si próprio. Quem está bem consigo, também estará com os outros, e saberá sempre elogiar as vitórias alheias.

Ficará feliz com a promoção dos amigos e familiares e sentir-se-à sempre inspirado ao conhecer pessoas positivas e vencedoras. Não importa se o amigo, o colega ou o apenas conhecido está materialmente melhor; quem estiver bem consigo mesmo vai sempre admirar torcer para que o outro esteja feliz, com o que tem, com o que almeja. Levará em condição a pessoa que o outro é, importando-se pouco com que o outro tem.

Há, por vezes, aqueles que, aparentemente, se julgam numa situação que pode despertar inveja aos demais, incluindo a quem eles chamam de amigos. Estas pessoas, provavelmente, também não estão bem consigo mesmas, não estão focadas em si e seus projetos, mas nos outros. Se não dirá delas mesmas, alertará outros que estão cheias de invejosos ao redor. Ah gente, que papo tão medíocre!

Não que a inveja não exista, ela existe e é um sintoma, ela em si não é um mal, o problema a antecede, é a doença de não olharmos para nosso bem estar, nossa vida.

Não pensamos em inveja dos outros, ou invejar alguém, se estamos ocupados com nossa vida, nossa alegria, nossa luta.

Portanto, quando acometidos por qualquer uma dessas situações, a melhor solução é voltar-se para si, observar melhor a sua caminhada.  A coisa mais triste é quando não olhamos para nossas vidas com gratidão e com amor. Haverá sempre motivos para agradecer, e quando não, haverá sempre alguém para amar. E ter quem amar, não é já motivo para agradecer?

Agradecemos aos nossos familiares, aos amigos, aos colegas que estão sempre conosco, e os amemos. A vida é muito simples e muito curta para perdemos tempos com coisas inúteis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...